A estratégia de oceano azul foi concebida por W. Chan Kim e Renée Mauborgne e publicado pela primeira vez em 1990. Mais tarde, o livro foi traduzido para 43 línguas e o oceano azul tornou-se um dos métodos mais populares do mercado para construção de diferenciações competitivas de negócios, produtos e serviços em diferentes segmentos de mercado.

O método consiste, em sua essência, em um mecanismo para comparar os valores entregues por uma determinada solução com outros produtos, serviços ou negócios que atuam no mesmo segmento. A estratégia do oceano azul constrói caminhos alternativos aos que os concorrentes adotam no mercado, distanciando quem a adota de disputas baseadas em redução de preços ou outros recursos adotados em estratégias tradicionais de posicionamento no mercado.

as questões essenciais

A base da construção de uma estratégia de oceano está na identificação dos concorrentes e na definição de valores entregues por eles que devemos eliminar, reduzir, ampliar ou adicionar na nossa solução para criar uma proposta única de valor no mercado. Nesse sentido, identificamos um conjunto de questões que são essenciais para construção de personas.

quais são os seus concorrentes?

que valores os concorrentes entregam que são irrelevantes para os nossos clientes e devemos eliminar da nossa solução?

que valores os concorrentes entregam que são supérfluos para os nossos clientes e devemos reduzir na nossa solução?

que valores os concorrentes entregam que são interessantes para os nossos clientes e devemos ampliar na nossa solução?

que valores os concorrentes não entregam que seriam inovadores para os nossos clientes e devemos acrescentar na nossa solução?

Este texto foi escrito pelos professores Silvio Meira e André Neves