qual o time mínimo para um projeto digital de transformação estratégica?

para responder essa questão é preciso levar em consideração dois fatores, o primeiro deles é o perfil das pessoas que participarão do projeto, o segundo ponto importante é a dinâmica de trabalho que será adotada pelo time durante o projeto.

sobre os perfis

Essa é uma questão que muita gente não considera ao montar um time para um projeto, mas, segundo Rei Inamoto, CCO da AKQA, pode ser a chave do sucesso de qualquer projeto. Para Inamoto, um bom time precisa de pelo menos três perfis: um perfil hipster, um perfil hacker e um perfil hustler. Esses perfis devem estar espalhados pelo time, independente de serem representados por extamente três pessoas.

O perfil hipster está mais ligado a capacidade de entender o outro, descobrir o que é desejável e tratar de orientar o projeto nesse perspectiva. Cabe ao hipster entender as necessidades do consumidor para criar, comunicar e empacotar um produto que seja fácil de entender e consumir.

O perfil hacker está centrado na capacidade de produção, cuida de definir o que é factível e de excluir as ilusões. O hacker será o responsável por garantir que a solução fique de pé, se torne realidade e não apenas uma hipótese.

O perfil hustler é a voz do negócio, da sustentabilidade do projeto, analisa o que é viável do ponto de vista econômico. É ele quem desenvolve parcerias, conhece o mercado e consegue trazer o dinheiro para o projeto.

sobre a dinâmica

Esse é um fator chave para o sucesso de qualquer projeto. Não adiante ter o time ideal se cada pessoa trabalha só, isolada em sua cátedra. A abordagem adequada para o sucesso de um time está baseada em uma palavra, a colaboração.

Nesse sentido, a colaboração deve se dar não apenas nas ações operacionais, mas especialmente nas ações de tomada de decisão. Cada passo do projeto é uma decisão e a sua construção colaborativa alinha as habilidades e competências dos perfis hipster, hacker e hustler.

Sem a colaboração efetiva na tomada de decisões, não temos um time e sim um agrupamento de pessoas trabalhando sozinhas.