A indústria na hora da transformação figital

Autor(A)
Data de publicação
24 mar 2022

Impossível falar de inovação sem discutir as revoluções industriais, grandes marcos de transição na produção das coisas, começando pela substituição da manufatura pela mecanização na metade do século XVIII. Daí pra frente, seus efeitos continuaram evoluindo, acelerando a inovação como o uso da energia elétrica e do motor à combustão (segunda revolução industrial); desenvolvimento da eletrônica digital (terceira revolução industrial); e aplicação de tecnologias inteligentes para automação e troca de dados, monitoramento e controle de objetos físicos usando a internet industrial das coisas (quarta revolução industrial – ou sexta onda de inovação, dependendo do referencial teórico).

“Nunca nada mudou tanto, tão rapidamente, como agora, e ainda não chegamos na aceleração que parece ser possível no futuro próximo”, diz Silvio Meira, cientista-chefe da TDS Company.

Estamos vivendo uma tendência irreversível em que os produtos estão sendo transformados em serviços, clientes em usuários, públicos em comunidades e mercados em rede. 

Na indústria, não é a digitalização dos processos que irá, por si só, ser a base da inovação ou promover a transformação dos modelos de negócios e criar novas formas de valor, em rede. A indústria 4.0 é, antes de tudo, a transformação das arquiteturas e organização que cria, entrega e captura valor nos mercado em rede, como resultado da transformação [digital] de processos, produtos e serviços da indústria para seu ecossistema.

Tomando como fio condutor a história da inovação, o cientista-chefe da TDS, Silvio Meira, produziu o ebook A indústria na hora da transformação figital, onde busca explicar com profundidade a atuação da fábrica na contemporaneidade, ou melhor dizendo, no espaço e economia figitais – onde físico é estendido pelo digital e orquestrado pelo social.

Para saber mais sobre os desafios da indústria na era figital, faça o download do artigo no link abaixo.

Se não estiver visualizando o formulário acima, clique aqui